BELEZA E SAÚDE: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A BIOTINA

BELEZA E SAÚDE: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A BIOTINA

Você quer ficar bonita por fora e saudável por dentro?

Então comece agora mesmo a tomar a vitamina B7, também conhecida como biotina. Este nutriente, além de desempenhar um papel importante na saúde dos cabelos, unhas e pele, promove o metabolismo saudável e ajuda nas funções do sistema nervoso, hormonal e cardiovascular.

MAS COMO ELA FAZ ISSO?
A biotina atua como uma coenzima no corpo, necessária para o metabolismo de ácidos graxos, aminoácidos e glicose. Isso significa que quando ingerimos alimentos que são fontes de gorduras, proteínas e carboidratos, a vitamina B7 (biotina) converte esses macronutrientes para promover benefícios ao corpo.

COMO INGERIR E EM QUE QUANTIDADE?

A biotina pode ser encontrada em alimentos como amendoim, avelã, farelo de trigo, amêndoas, noz pecã, castanha de caju, ovos cozidos carnes (fígado e rins), abacate, couve-flor, peixe, legumes e cogumelos ou através de bons suplementos existentes no mercado.

Leia também: Biotina

A recomendação diária de biotina para adultos saudáveis é 30 μg ao dia, o que se consegue através do consumo de alimentos ricos nessa vitamina, mas para combater a queda de cabelo, auxiliar no seu crescimento ou melhorar a saúde da pele e unhas, é recomendada uma ingestão bem maior de biotina, que vai de 200μg a 1000μg ao dia.

QUAIS OS SINTOMAS DA DEFICIÊNCIA DE BIOTINA?

Pele seca e irritada, cabelo frágil ou perda dos fios, falta de energia ou fadiga crônica, problemas digestivos e do trato intestinal, dores musculares, mudança de humor, cólicas, formigamento nos membros e deficiências cognitivas

Entretanto a deficiência de vitamina B7 (biotina) é rara, pois os alimentos que contém esse nutriente são muito comuns na dieta das pessoas. Além disso, as necessidades diárias recomendadas são relativamente baixas e pesquisadores acreditam que nossas bactérias intestinais digestivas têm a capacidade de criar biotina por conta própria.

E DO EXCESSO?
O excesso deste nutriente não é preocupante, uma vez que a biotina é solúvel em água. Isso significa que ela viaja na corrente sanguínea e a quantidade em excesso (ou não utilizada) é eliminada através da urina.

BENEFÍCIOS
1 – PODE MELHORAR O METABOLISMO

A biotina regula os genes que são fundamentais na realização de funções do metabolismo. A vitamina B7, (junto com outras vitaminas B), é necessária para converter os alimentos em energia para que você tenha um metabolismo saudável.

A vitamina B7 faz isso de várias maneiras:

– Converte glicose de carboidratos e fontes de açúcar em “combustível” para dar energia ao corpo;

– Ajuda o corpo a usar os aminoácidos das proteínas para realizar múltiplas funções corporais;

– Ativa os ácidos graxos dos alimentos que contêm gorduras;

– Melhora o metabolismo e a utilização da glicose, o que é extremamente benéfico em casos de diabetes tipo 2

– Sem vitamina B7 suficiente presente no corpo, podem aparecer sintomas do metabolismo lento como: baixos níveis de energia, fadiga, ganho de peso, problemas digestivos, possível desenvolvimento de diabetes, alterações no apetite, mau humor e muito mais.

2 – PODE MELHORAR A INTOLERÂNCIA À GLICOSE E AJUDAR A EQUILIBRAR O AÇÚCAR NO SANGUE
Quando combinada com o mineral cromo, a biotina ajuda a reduzir o açúcar no sangue em pessoas com diabetes, especialmente em quem têm níveis de glicose (açúcar) que não são bem controlados por medicamentos.

A biotina melhora os níveis de glicose no sangue porque facilita a atividade da insulina, que é o hormônio necessário para levar o açúcar do sangue a um equilíbrio.

Além disso, a biotina melhora a resposta à insulina, ajudando a reduzir o risco de flutuação dos níveis de açúcar no sangue. Isso pode levar ao pré-diabetes, diabetes tipo 2, ganho de peso e à síndrome metabólica.

E mais: este nutriente diminui as enzimas que estimulam a produção de glicose pelo fígado, portanto, menos açúcar é liberado na corrente sanguínea.

Por esta razão, a deficiência de vitamina B7 tem sido associada à diminuição da tolerância e utilização da glicose, que são fatores de risco para diabetes. A vitamina B7 também pode ajudar a reduzir os sintomas de casos existentes de diabetes, incluindo dores nos nervos.

3 – AJUDA NA BELEZA E SAÚDE DO CABELO, PELE E UNHAS

Estudos mostram que a biotina ajuda a proteger a pele contra acne, infecções fúngicas, erupções cutâneas, ressecamento grave, rachaduras e pode ajudar a tratar cabelos e unhas fracas. É por isso que os primeiros sintomas da deficiência de biotina no organismo são pele irritada, cabelos frágeis e unhas quebradiças.

De acordo com outro estudo, esses benefícios da vitamina B7 foram descobertos quando cavalos com os cascos frágeis e rachados foram tratados com biotina para corrigir estes problemas.

Mas atenção! Você pode notar que a biotina é incluída em muitos cosméticos, cremes faciais, máscaras capilares e outros produtos de beleza, mas ela é muito mais eficaz quando ingerida, em vez de aplicada topicamente.

4 – PODE PROTEGER A FUNÇÃO CEREBRAL E COMBATE O DECLÍNIO COGNITIVO
De acordo com pesquisas, a biotina beneficia a saúde do sistema nervoso através da sua ação nos neurotransmissores. Juntas, as “vitaminas B” melhoram a memória e defendem o organismo do comprometimento cognitivo relacionado à idade, como distúrbios neurodegenerativos, doença de Alzheimer ou demência.

E mais: por seu papel na síntese de hormônios relacionados à regulação do humor, a biotina ajuda a manter uma atitude positiva e pode aumentar a energia e a concentração.

5 – AJUDA A MANTER UM SISTEMA CARDIOVASCULAR SAUDÁVEL

As vitaminas B, como a vitamina B7, desempenham um papel importante na defesa contra as causas mais comuns de doenças cardíacas como: inflamação, aterosclerose (ou acúmulo de placas nas artérias), ataques cardíacos e derrame.

E mais: quando combinada ao cromo, pode ajudar a melhorar os níveis de colesterol.

Além disso, a biotina tem mostrado resultados positivos com o aumento do “bom” colesterol (HDL), e na redução do colesterol LDL “ruim”, principalmente em pessoas com diabetes, mais suscetíveis a doenças cardíacas.

6- PODE MELHORAR A FUNÇÃO TIREOIDIANA E ADRENAL
Estudos mostram que as vitaminas do complexo B, como a vitamina B7, são necessárias para regular a atividade da tireóide e para defender a glândula adrenal da fadiga. A glândula tireoide e a glândula adrenal são responsáveis por muitas funções do corpo, incluindo fome, sono, percepção da dor, humor e energia.

A deficiência em vitaminas do complexo B pode resultar em complicações da tireóide e adrenais. Isso pode causar fadiga, ganho ou perda de peso, dificuldade para dormir e outros sintomas.

7 – É NECESSÁRIA PARA CONSTRUIR E REPARAR TECIDOS E MÚSCULOS

Entre os benefícios da biotina estão o suporte ao crescimento e manutenção de tecidos corporais, inclusive na reparação e construção dos músculos.

Segundo estudos, quando o tecido ou músculo é danificado, a biotina trabalha para recuperar a força do músculo e do tecido, o que leva ao crescimento do mesmo.

Além disso, as vitaminas do complexo B também ajudam a reduzir a inflamação que pode resultar em dores musculares, articulares ou ao se movimentar.

Um problema mais sério da deficiência da vitamina B7 (e outras vitaminas do complexo B) é o desenvolvimento inadequado de fetos e bebês. Esta é uma razão pela qual ingerir biotina suficiente (e todas as outras vitaminas B) é crucial durante a gravidez.

Não é incrível saber que apenas um nutriente pode trazer tantos benefícios para a saúde de beleza do seu corpo? Então comece agora mesmo a incluir alimentos com Vitamina B na sua dieta.

Se preferir, você pode optar por bons suplementos como o Vital Beauty, da Vital Âtman. Desenvolvido por especialistas em nutrição, possui Vitamina B7 e óleos de amêndoas e de gergelim (prensados a frio) juntamente com o ácido pantotênico.

Gostou deste conteúdo? Então repasse para seus amigos e família, afinal compartilhar beleza e saúde é fundamental!

REFERÊNCIA: DRAXE.COM
A Vital Âtman não indica a automedicação e a interrupção de qualquer tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Para que as ações destes importantes nutrientes sejam bem aproveitadas, recomendamos uma dieta equilibrada, rica em Legumes, verduras e Frutas, evitando alimentos ultra processados, de acordo com as orientações do Novo Guia Alimentar.

Para começar a obter os efeitos desejados, recomendamos o consumo por um período mínimo de 3 meses.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *